Detalhe do Sobrado dos Toledos, em Iguape/SP

detalhe-sobrado

Detalhe do Sobrado dos Toledos, em Iguape/SP que será completamente restaurado pelo IPHAN, através do PAC Cidades Históricas 2. Além de acolher romeiros durante os festejos religiosos tradicionais da cidade, o Sobrado dos Toledos terá um uso continuado pela população com exposições, palestras, e espaço para reuniões comunitárias.

Reunião técnica do IPHAN em Iguape/SP apresenta projeto de restauração do “Sobrado dos Toledos” à Mitra Diocesana

a-reunião
Uma reunião técnica promovida pela Superintendência do Iphan em São Paulo, ocorrida na Casa do Patrimônio Vale do Ribeira, em Iguape/SP apresentou para os representantes da Mitra Diocesana de Registro, e técnicos da Superintendência  o projeto de restauração e novo uso do prédio “Sobrado dos Toledos” , de propriedade da Igreja Católica .
A apresentação ficou a cargo da arquiteta Milena Migoto, coordenadora do projeto de restauro desenvolvido pela empresa Atempo Preservação e Restauro , vencedora da licitação. ” O maior desafio foi associar as necessidades de restauração ao novo uso do imóvel e transformá-lo em um espaço multiuso abrigando desde o atendimento aos romeiros durante os festejos a Bom Jesus de Iguape, a palestras e eventos culturais durante o restante do ano” – disse Migoto.
Para a Superintendente do Iphan em São Paulo, arquiteta Anna Beatriz Ayroza Galvão ” o projeto do Sobrado dos Toledos é mais um presente que o Ministério da Cultura, através do Iphan em São Paulo oferece à nossa querida Iguape. Representa um passo decisivo para que se iniciem as tão esperadas obras de restauração dessa casa, desse marco monumental da cidade “
fellipe
Segundo o advogado Fellipe Fortes, representante da Mitra Diocesana em todas as tratativas envolvendo a recuperação do prédio, ““a restauração do Sobrado dos Toledos, não representa apenas a preservação do Patrimônio Histórico, mas também um passo ao futuro com a criação da “Casa do Romeiro”, cujo fim é acolher os devotos do Bom Jesus”
Para o Pe. Jaime Marcelo Maria Gato, ” é um sonho se realizando. Hoje participei da apresentação do projeto do Prédio do Toledo conhecido em Iguape como Prédio do Santo, só tenho em agradecer ao Ministério da Cultura e o IPHAN de São Paulo, junto com a Paróquia de N. Sra das Neves de Iguape, pelo grande presente que estarão dando a toda população Iguapense, a restauração do prédio do Santo, tornando assim um sonho realizado para todos nós e principalmente para a historia viva de nossa querida cidade a Princesa do Litoral (Iguape). “

Este slideshow necessita de JavaScript.

O  prédio foi construído na primeira metade do século XIX por José Carlos de Toledo, um dos homens mais ricos do seu tempo, mas que morreu empobrecido. Após, foi confiscado pela Justiça e em 1879, os herdeiros adquiriram o sobrado do Juízo Municipal de Iguape.  Em 1931, devotos do Bom Jesus, os herdeiros doaram o prédio ao Santuário de Iguape para que abrigasse romeiros pobres durante as festividades do padroeiro, que hoje é conhecida como a segunda maior festa religiosa do estado de São Paulo. Nesta época o prédio era conhecido como “Sobrado do Santo”. Depois de alguns anos, foi dividido e alugado a diversos empreendimentos locais, como clubes, bares, associações e até um cine teatro.

Editais para projetos de restauração do Paço Municipal e do Sobrado dos Toledos já foram lançados no ComprasNet, o portal de compras do Governo Federal

MINISTÉRIO DA CULTURA
Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional
9ª Superintendência Regional
Código da UASG: 343009

Tomada de preço Nº 3/2013
Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de engenharia e arquitetura, a serem executados por pessoa jurídica, visando a execução de Elaboração de Projeto Executivo e Complementares de Restauração do Paço Municipal, situada em Iguape/SP.
Edital a partir de: 25/11/2013 das 10:00 às 12:00 Hs e das 15:00 às 17:00 Hs
Endereço: Av. Angelica 626 – Santa Cecilia – – São Paulo (SP)
Telefone: (0xx11) 38260744
Entrega da Proposta: 10/12/2013 às 10:00Hs

Tomada de preço Nº 4/2013
Objeto: Contratação de serviços técnicos especializados de engenharia para Elaboração de Projeto Executivo e Complementares de Restauração do Sobrado dos Toledos, em Iguape/SP.
Edital a partir de: 25/11/2013 das 10:00 às 12:00 Hs e das 15:00 às 17:00 Hs
Endereço: Av. Angelica 626 – Santa Cecilia – – São Paulo (SP)
Telefone: (0xx11) 38260744
Entrega da Proposta: 10/12/2013 às 14:00Hs

Veja aqui, em PDF, os Editais retirados do sítio www.comprasnet.gov.br >

TP 03 2013 – Projeto Paço Municipal Iguape

TP 04 2013 – Projeto Sobrado dos Toledos Iguape

Entrevista: Arq. Darlan Firmato, consultor da Unesco junto ao Iphan/SP esclarece sobre as obras do PAC Cidades Históricas em Iguape

darlanO arquiteto Darlan Firmato é consultor contratado pela UNESCO, disponibilizado para o IPHAN/SP, como responsável pela análise de documentos pertinentes ao acompanhamento e execução das ações do PAC Cidades Históricas nas cidades de Iguape e São Luiz do Paraitinga. Darlan tem no seu currículo especializações em Computação Gráfica e Design de Produtos . É também gestor de projetos, com certificação internacional pelo PMI, e MBA em Gestão de Projetos, pela FGV, com 10 anos de experiência atuando em arquitetura, incluindo obras de restauro, a exemplo da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, primeiro hospital do Brasil e integrante da equipe da 3ª Etapa de Restauro do Conjunto Arquitetônico do Pelourinho, em Salvador/BA.

P : Darlan, uma curiosidade que a população de Iguape tem. Quando começam as obras ?
Sabemos que este é o ápice do trabalho e o grande anseio das pessoas, mas temos uma importante fase a ser cumprida, que é o planejamento destas obras, que passa pela formalização documental entre os proprietários dos imóveis e o Iphan. Depois a aprovação e licitação dos projetos e então, uma nova licitação para contratar as obras. O período máximo para conclusão das intervenções foi definido em três anos.

P : Há alguma prioridade no início das licitações ? Qual ?
Sim, em etapa anterior, o Iphan já providenciou o Projeto Executivo da antiga Casa de Fundição, que apesar de estar funcionando como Museu Histórico Municipal, precisa de melhorias e adequações funcionais e de acessibilidade e valorizar a relevância que este imóvel tem para o Brasil. Dessa forma, após validação dos documentos e liberação dos recursos, estaremos aptos para licitar a obra. O que deve acontecer até o primeiro semestre de 2014.

P: Quais os recursos destinados para cada prédio ?
Iguape foi contemplada com três intervenção: a antiga Casa de Fundição, com R$800.000,00(obra), o Paço Municipal, com R$3.350.000,00(projetos e obra) e o Sobrado dos Toledos, com R$ 4.257.000,00(projetos e obra)

P : Quais os critério de escolha para os três prédios ( Sobrado dos Toledos, Casa de Fundição e Paço Municipal) ?
Os imóveis foram alguns dos indicados pela Prefeitura Municipal, que após análise do IPHAN Nacional, priorizou estes imóveis para serem restaurados no âmbito do PAC Cidades Históricas 2. Tratam-se de importantes exemplares do patrimônio arquitetônico brasileiro, que devido a sua relevância foram escolhidos, neste momento.

P : Quem irá executar as 3 obras ?
As obras serão executadas pelo IPHAN/SP, através de licitações para os projetos e obras.

P: De acordo com a complexidade de cada restauração , qual deles deverá ficar pronto primeiro ?
Em função de já ter projeto definido e da obra ser menor, a antiga Casa de Fundição poderá ficar pronta antes dos outros imóveis.

P : Por quê o “Correio Velho” não foi incluído nas obras do PAC ?
O prédio do “Correio Velho” não foi incluído porque ele é objeto de um outro convênio do IPHAN com a Prefeitura Municipal de Iguape.

P: Qual os benefícios que estas obras trarão para a cidade e seus habitantes ?
Além da valorização do patrimônio, após restaurados, os imóveis promoverão a elevação da auto-estima da cidade e do seu povo, pela importância cultural e afetiva que os moradores de Iguape têm com estes prédios. O Museu será revitalizado e estará mais moderno e adequado para abrigar os bens, receber moradores e turistas, o Paço Municipal estará mais adequado para atender a população e os servidores municipais e o Sobrado dos Toledos, abrigará o novo Centro de Atendimento ao Romeiro, considerando a importância da Festa em louvor do Senhor Bom Jesus e Nossa Senhora das Neves e nos demais dias do ano, poderá ser solicitada pelos iguapenses ou por outras instituições para abrigar eventos de caráter público como apresentações e exposições, além de poder se tornar um ótimo ponto de encontro.Darlan-Firmato-2

Veja quais são as obras do PAC Cidades Históricas em Iguape

Sobrado dos Toledos

sobrado-dos-toledos

Segundo o historiador Roberto Fortes, ao escrever sobre o Casario de Iguape, “o Sobrado dos Toledos foi construído na primeira metade do Século 19, O agricultor e capitalista José Carlos de Toledo, o seu mentor, morreu empobrecido após o prédio ser confiscado pela justiça. Em 1879, seus filhos e o seu genro adquiriram o imóvel do Juízo Municipal de Iguape. Em 1918, Antônio Carlos de Toledo Júnior  venderam suas partes para Ana de Toledo Aguiar. Em 1931, foi feita a doação do sobrado ao Santuário do Bom Jesus, para que abrigasse os romeiros durante as festividades do padroeiro.”

Sobrado do Comendador (Paço Municipal)

prefeitura-iguape

O prédio fica na esquina das ruas 9 de julho e 15 de Novembro ( que antigamente se chamavam Rua Direita e Rua da Glória, respectivamente). O prédio foi construído entre 1865 e 1866.  Era ocupado na sua parte térrea com os negócios e o escritório do Comendador e seu andar superior servia de residência para a família. Foi sede do Club Beneficente e Recreativo Iguapense e da Câmara Municipal. Em 1945 foi adquirido pela Prefeitura passando a ser , até os dias de hoje,  o Paço Municipal.

Casa de Fundição ou Cadeia Velha

foto : Wikipédia

Fica localizada na Rua da Neves, 11 e é uma construção original do Século XVII.  Estabelecida em 1653, a Casa de Fundição, já serviu como quartel e Casa da Câmara e Cadeia . Atualmente abriga o Museu Municipal de Iguape.  As Casas de Fundição recolhiam o ouro extraído pelos mineiros, purificavam-no e o transformavam em barras, nas quais era aposto um cunho que a identificava como “ouro quintado”, isto é, do qual já fora deduzido o tributo do “quinto”. Era também expedido um certificado que deveria acompanhá-la daí em diante.

Leia também > Superintendente do IPHAN faz visita técnica a Iguape

 Entrevista: Arq. Darlan Firmato, consultor da Unesco junto ao Iphan/SP esclarece sobre as obras do PAC Cidades Históricas em Iguape