Iguape : Prédio do Correio Velho em 2 tempos

correio-velho-2006

Correio Velho em 2006

correio-velho-tempo-2

Correio Velho em 2015

Situado na praça Praça Engenheiro Greenhalgh s/nº, é um prédio importantíssimo para a história de Iguape/SP que está, com seu restauro,  ganhando um visual belíssimo e um interior modernizado, fruto de convênio entre Iphan e Prefeitura de Iguape.

Detalhe da restauração do Correio Velho em Iguape/SP

detalhe correio velho

O prédio do Correio Velho, situado em Iguape/SP, está sendo restaurado e prevê acessibilidade, por meio de elevadores, climatização para receber e manter documentos, além de cinemateca, biblioteca, área para palestras, cursos, entre outros para fomento da cultura e preservação do patrimônio.

A restauração é o resultado do Convênio Nº 64740/2011, celebrado entre o Iphan e a Prefeitura de Iguape.

A licitação para a  restauração teve como vencedora a empresa Companhia de Restauro , com o valor global de R$ 1.866.257,04 .

Construído no século XIX, marco da prosperidade iguapense, o prédio estava  em adiantado estado de deterioração, mas graças ao tombamento alcançado no ano de 2009,  a cidade foi contemplada com investimentos do Governo Federal para a total restauração do prédio trazendo de volta à Praça São Benedito o visual suntuoso das sacadas e telhados do Correio Velho, muito parecido como foi em sua concepção original pelo lado de fora e ainda abrigará importantes acervos em seu interior.

Segundo o site da Prefeitura de Iguape, “o prédio do Correio Velho, construído no antigo Largo de São Francisco, atual Praça São Benedito, foi inaugurado no ano de 1839. Reformado em 1893, foi adquirido pelo coronel Agostinho José Moreira Rollo e posteriormente pertenceu ao comendador João Mâncio da Silva Franco. A partir de 1926, passou a abrigar a agência dos Correios e Telégrafos, que lá permaneceu até 1951. Suas paredes externas são de pedra e cal e as internas eram de taipa francesa. Possuía telhado em duas águas com beiral e sacadas com grades de ferro fundido trabalhado.

Segundo a tradição, nele teriam pernoitado as tropas de Duque de Caxias e Osório, em viagem ao Sul do país, durante a Guerra do Paraguai. O prédio do Correio Velho, apesar de sua importância histórica e arquitetônica, encontrava-se em avançado estado de deterioração, tendo restado de pé somente as fachadas.”

Caderno de Obra : Correio Velho, em Iguape/SP

DSC00322 (2)

Construído no século XIX, marco da prosperidade iguapense, o prédio estava  em adiantado estado de deterioração, mas graças ao tombamento alcançado no ano de 2009, agora a cidade é contemplada com investimentos do Governo Federal para a total restauração do prédio trazendo de volta à Praça São Benedito o visual suntuoso das sacadas e telhados do Correio Velho, muito parecido como foi em sua concepção original pelo lado de fora e ainda abrigará importantes acervos em seu interior.

Segundo o site da Prefeitura de Iguape, “o prédio do Correio Velho, construído no antigo Largo de São Francisco, atual Praça São Benedito, foi inaugurado no ano de 1839. Reformado em 1893, foi adquirido pelo coronel Agostinho José Moreira Rollo e posteriormente pertenceu ao comendador João Mâncio da Silva Franco. A partir de 1926, passou a abrigar a agência dos Correios e Telégrafos, que lá permaneceu até 1951. Suas paredes externas são de pedra e cal e as internas eram de taipa francesa. Possuía telhado em duas águas com beiral e sacadas com grades de ferro fundido trabalhado.

O prédio do Correio Velho, apesar de sua importância histórica e arquitetônica, encontrava-se em avançado estado de deterioração, tendo restado de pé somente as fachadas.” Para se ter uma idéia da condição do prédio imponente construído em 1839, símbolo da riqueza paulista na época , o telhado de duas águas desabou e acabou sendo removido.

DSC00324 (2)

O novo prédio do Correio Velho está sendo restaurado e prevê acessibilidade, por meio de elevadores, climatização para receber e manter documentos, além de cinemateca, biblioteca, área para palestras, cursos, entre outros para fomento da cultura e preservação do patrimônio.

A restauração é o resultado do Convênio Nº 64740/2011, celebrado entre o Iphan e a Prefeitura de Iguape. A licitação para a  restauração teve como vencedora a empresa Companhia de Restauro , com o valor global de R$ 1.866.257,04 .  As fotos são do dia 19 de fevereiro de 2015.

DSC00323 (2)

Reunião entre Companhia de Restauro, Prefeitura de Iguape e Iphan ajusta procedimentos para início da restauração do Correio Velho, em Iguape

reuniao-pmi

Uma reunião nesta segunda-feira (10) entre representantes da empresa Companhia de Restauro, da Prefeitura Municipal de Iguape e da Superintendência do Iphan em São Paulo definiu alguns procedimentos técnicos e administrativos que serão adotados na obra de restauro do Correio Velho, situado na Praça São Benedito em Iguape. Esta obra, executada pela Prefeitura Municipal de Iguape com verbas oriundas do IPHAN,  está sendo aguardada com muito interesse por parte da população . O “Correio Velho” é um imponente prédio construído em 1839. Após a sua restauração ele deve abrigar um centro cultural e de memória. O edifício, com paredes externas de pedra e um conjunto de janelas e sacadas, passou por reforma em 1893, ao ser adquirido pelo coronel Agostinho José Moreira Rollo. Pertenceu depois ao comendador João Mâncio da Silva Franco e, a partir de 1926, passou a abrigar a agência dos Correios e Telégrafos até 1951. O telhado de duas águas desabou e foi removido. Segundo a tradição oral, o prédio também abrigou as tropas do General Osório e de Duque de Caxias em viagens ao sul do País, durante a Guerra do Paraguai.