#SOMOSTODOSIPHAN – 80 anos preservando o Patrimônio Cultural Brasileiro

Jongo do Sudeste, Maracatu, Fandango Caiçara, Bumba Meu Boi do Maranhão e a Capoeira encheram o palco do Theatro Municipal, no Rio de Janeiro (RJ), com ritmos, formas, movimentos, danças e cores. Os 80 anos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) foram celebrados pela riqueza e pela beleza do Patrimônio Cultural Brasileiro. Nada mais justo que a comemoração das oito décadas de uma das mais longevas instituições públicas brasileiras e a primeira dedicada à preservação do patrimônio cultural na América Latina ocorresse com o que há de mais representativo na cultura do Brasil: sua diversidade.

O Rio de Janeiro, cidade que possui um grande número de bens protegidos – tombados e registrados em nível federal – e que também é Patrimônio Mundial por sua Paisagem Cultural Urbana, foi escolhido para ser o cenário dessa celebração. O evento, que aconteceu no dia 24 de outubro, teve como um dos destaques a cerimônia de entrega do Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade, a mais importante premiação do país voltada para ações de valorização, promoção e preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Nesta 30ª edição, o Prêmio, promovido pelo Iphan, contemplou oito projetos, dos estados do Amapá, Ceará, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Veja a notícia completa no Portal do IPHAN

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s